Banner2Banner3Bunner1

Estudo de Avaliação Externa das AECs

 

As direções da SPEF (Lídia Carvalho e Luís Fernandes) e do CNAPEF (Nuno Fialho) estiveram presentes na sessão pública de divulgação do Estudo de Avaliação Externa das Atividades de Enriquecimento Curricular no 1º Ciclo do Ensino Básico. 

 

Este estudo, encomendado pelos serviços da DGE - Direção Geral da Educação, foi desenvolvido por uma entidade externa - Universidade de Évora (CIEP - Centro de Investigação em Educação e Psicologia) e resultou de uma parceria conjunta com as várias associações profissionais, a saber: SPEF, CNAPEF, APPI (Associação Portuguesa de Professores de Inglês) e APEM (Associação Portuguesa de Educação Musical).

 

Entre as inúmeras conclusões e recomendações que poderão ser consultadas, desde já, no relatório completo apresentado nesta sessão, o estudo salienta as AFD (atividades físicas e desportivas) como aquelas de que os alunos mais gostam e que lhes são leccionadas por professores com um grau de habilitação mais elevado (em comparação com o ensino do Inglês, da Música ou Atividades Lúdico Expressivas).  

 

Embora com elevada representatividade (85%) estas AFD, como atividades voluntárias que são, excluem a participação de cerca de 15% do universo dos alunos estudados. 

 

O estudo indicia um dado, já há muito constatado pelas direções da SPEF e do CNAPEF:

As Atividades de Enriquecimento Curricular (AECs) e particularmente as Atividades Físicas e Desportivas (AFDs), como atividades voluntárias que são, estão, em muitos casos, a substituir a atividade obrigatória e curricular da Expressão e Educação Físico Motora que é praticamente inexistente nas escolas do nosso país.

 

 

 

Socieadade Portuguesa de Educação Física - 2014