Banner2Bunner1Banner3

Estórias do Desporto

 

A 2ª Tertúlia, organizada pela SPEF e pelo CNAPEF,  foi designada "Estórias do Desporto",  e realizou-se em 09-01-2015 na Escola Secundária D. Dinis (Olivais - Chelas).

 

Teve como principais intervenientes e dinamizadores os professores António Vasconcelos Raposo e Hermínio Barreto, devidamente moderados pelo professor Mário Gomes.

 

 

Se, por acaso, não teve oportunidade de ter estado presente nesta Tertúlia ou a pretende revisitar consulte estes 4 vídeos que retratam este momento.

 

 

 

2ª Parte do video - Clique aqui

 

 

 

 

 

 4ª e última parte do video - Clique aqui

 

António Vasconcelos Raposo

 

 

É licenciado em Educação Física, com Mestrado em Ciências do Desporto (vertente do «Treino de Alto Rendimento em Natação»). Frequentou durante o ano de 1977 o Curso Superior de Treinador de Natação na Escola Superior de Cultura Física (DHFK) em Leipzig, ex-RDA, e em 1979, na mesma escola, um curso de um trimestre sobre «Planeamento em Treino Desportivo». Foi professor da disciplina de Natação e Metodologia do Treino no Instituto Superior de Educação Física. Tem participado como treinador da equipa nacional em campeonatos da Europa, do Mundo e nos Jogos Olímpicos de Atlanta; tem sido preletor da Solidariedade Olímpica em diversas ações e cursos de formação de treinadores no estrangeiro, mantendo uma participação regular, enquanto preletor, em congressos e seminários realizados em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente em Espanha, Brasil, Argentina, França e Itália. É autor dos livros «O Ensino da Natação», «O Diário do Nadador», «A Preparação Direta para as Competições»,«Planificación y Organización del Entrenamiento Deportivo», «A Carga no Treino Desportivo»,«Gostava de Treinar, o que tenho de fazer?», , «O Planeamento do Treino Desportivo»,«O Treino da Força na Escola e no Clube», «Formar Nadadores: um processo a longo prazo», « La Fueza, Entrenamiento para Jovenes» é co-autor de «Metodologia da Ensino das Técnicas de Nadar, Saltar e Virar», «Aprendizagem Motora em Natação», «O Manual do Monitor» e «O Treino de Jovens». Sobre a sua experiência na Guerra Colonial escreveu dois livros: «Até ao Fim, a última operação» e «Fuzileiros Especiais prontos para o Combate». Exerceu funções como diretor técnico e treinador principal na GesLoures. Foi professor efetivo de Educação Física e Orientador de Estágio na Escola Secundária de Linda-a-Velha e colaborador do jornal «A Bola», coluna de Opinião. Encontra-se reformado.

Desempenhou funções de Secretário Técnico da Comissão Técnica do COP com vista à participação da Equipa portuguesa nos Jogos Olímpicos de Barcelona. Integrou a Comissão encarregada pela revisão da Formação dos Treinadores (2000). Foi coordenador da Equipa de Especialistas Nacionais que definiram os Referências para a Formação dos Treinadores (2010) e posterior elaboração dos Manuais de apoio aos cursos. Foi responsável pelo Sector de Formação de Treinadores da Federação Portuguesa de Natação.

Foi, Presidente da Assembleia Geral da SPEF, da Confederação dos Treinadores de Portugal e da APTN. Foi Presidente da Direção da Associação Portuguesa dos Técnicos de Natação (APTN). É atualmente Vice-Presidente da Federação Portuguesa de Natação.

 

Hermínio Barreto

 

 

Nasceu em Quelimane -  Moçambique,  no ano de 1935.

Inicia a prática formal do basquetebol com 15 anos ingressando no Grupo Desportivo de Lourenço Marques entre os anos de 1950 e 1956. Neste ano vem para Lisboa onde passa a representar o Sporting Clube de Portugal, durante os 8 anos seguintes. Tem 17 internacionalizações pela seleção portuguesa, tendo-se sagrado várias vezes campeão de Portugal e das Províncias Ultramarinas.

 Inicia a carreira de  treinador  no Atlético Clube de Portugal na época de 1965/66. No ano seguinte torna-se treinador da equipa principal do Sporting, onde permanece até 1971.

Aos 33 anos, e após ter passado pelo curso de direito na Universidade de Lisboa,  estudou no INEF de Lisboa.

No início da década de 70 volta a Moçambique para desempenhar o cargo de Diretor da Escola de Educação Física de Lourenço Marques e treinar a equipa de seniores do Sporting de Lourenço Marques. Regressa a Lisboa para treinar o Sporting Clube de Portugal interrompe para aceder ao cargo de diretor Técnico nacional da FPB.

Em 1976 começa a lecionar, como docente convidado no ISEF de Lisboa. Ao longo das décadas de 70 e 80 participou como formador em inúmeros cursos de treinadores. Entre 1986 e 1988 foi comentador na RTP.

Tem publicado imensos  artigos de cariz pedagógico, técnico e informativo sobre os mais variados temas do Basquetebol. Na sua intervenção destaca-se, no seu percurso pelo antigo ISEF, o chamado Centro de Treino de Basquetebol, a mais distinta escola de experiências e aprendizagem de competências, para o exercício das funções de treinador, que alguma vez existiu.

Em 1996 concluiu o seu Doutoramento em Ciências do Desporto. Terminou a sua carreira académica como Professor Catedrático Convidado. Continua a participar em inúmeros encontros e seminários de cariz formativo.

 

Mário Gomes

 

 

Licenciado em Educação Física pelo ISEF Lisboa.

Praticante de Minibasquete e Basquetebol, entre 1966 e 1990, tendo feito a sua formação no Sport Algés e Dafundo.

Treinador de Basquetebol, desde 1975 (Algés, Cruz-Quebradense, Benfica, Estrelas da Avenida, Barreirense, Federação de Basquetebol da Jordânia, Federação Portuguesa de Basquetebol).

Coordenador das Selecções Nacionais Masculinas, Treinador Adjunto da Selecção Nacional de Seniores Masculinos, Formador de treinadores da Escola Nacional de Basquetebol.

Na atualidade é, na Federação Portuguesa de Basquetebol, Director Técnico Nacional, para o próximo quadriénio.

 

 

Socieadade Portuguesa de Educação Física - 2014